terça-feira, 30 de novembro de 2010


Arte de Heloísa Scheneiders

Lorenzo Ganzo Galarça


Vasculho as gavetas
descosturo teus jovens diários
alinho tua linha do tempo ao tecido de minhas roupas.

Em silêncio.
Como se aprisionasse a emoção da surpresa entre os dedos.
Como se meus dedos se tornassem notícia.

Feito lobo na estepe.

Roer os detalhes
é a minha forma de multiplicar os segredos.

2 comentários:

Renata Luciana disse...

foi com imenso prazer que naveguei e cheguei nesse teu canto tão poético. Dentre os bons escritos encontrei uma 'entrega' e levei pra guardar no meu canto.

vez em quando passo aqui.

um abraço,

Nathalia Rech disse...

naturalmente, entra pro hall dos meus preferidos.

parabéns.