sábado, 13 de junho de 2009

Não Morei no Campo


Arte de: August Macke

Lorenzo Ganzo Galarça

Não nasci ao grito de um riacho,
ou ao choro de um grilo,
ou ao mugido de uma vaca.

O interior sempre pareceu distante das janelas do meu antigo apartamento.

Não tive carência de bucolismo.
O relincho dos carros enganou bem os ouvidos.
A poesia é cega.

Sempre gostei do cheiro do carpete.
Francamente, não posso me queixar.
O gosto do achocolatado supria bem o leite da vaca.

Não guardo nenhuma mágoa das minhas tardes na capital.
Os sentidos desconhecem idealizações.
Poesia não é sinônimo de acordar com geada nos cabelos.

Eu via as estrelas nos postes da cidade.

Um comentário:

MC disse...

muito bonito