sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Conquista.



Lorenzo Ganzo Galarça

Foram apenas três nomes.
Um conjunto de letras de mãos dadas.
Unidas para não serem varridas do papel.

Um choque elétrico disfarçado de gramática.
Três nomes foram o suficiente para
Me derrubar do cavalo.

Seguidos de uma palavra:
-Medicina.
O descontrole está posto.

O coração desrespeita a serenidade do quarto.
Os pés gritam socorro dentro dos tênis.
A língua teima ao ficar dentro da boca.

Peguei o telefone e disparei a emoção
Por já não suporta-lá sozinho.
A felicidade inundou-me por completo.

Aprendi a viver-me nos outros.
Sou um ladrão de emoções.
O crime não será julgado.

Agradeço a vocês
Por não serem egoístas com o coração.
Tua felicidade não mais te pertençe.


Texto em homenagem à Daniele, minha queridíssima amiga.
Medicina-UFRGS

Um comentário:

pensar disse...

Que linda alma, que transborda e escorre lindamente.Nada melhor que compartilhar com quem se gosta a alegria descontida.Bjs