terça-feira, 14 de outubro de 2008

Cegueria

Se algum dia eu ficar cego.
Quero que tenha sido de tanto olhar para a lua
E esquecer-me no seu brilho.
Para nunca mais voltar.
O mesmo de quando partí.


Lorenzo Ganzo Galarça.

Nenhum comentário: