segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Prazeres Lorenzo Ganzo

Gosto de desmanchar torrões de terra.
Gosto de puxar o fio que descostura da camisa.
Gosto de entrar em estádio de futebol.

Gosto de sentir o cheiro da zero hora, logo de manhã.
Gosto de molhar as minhas plantas mortas. É uma forma de lembrar-lhes a vida.
Gosto de xingar o juiz.
Gosto de beijar minha namorada.

Gosto de cheirar todos os meus perfumes antes de escolher.
Gosto de ler histórias à minha irmã.
Gosto de chutar uma bola com força.

Gosto de concertar a correia da bicicleta.
Gosto de dar abraços.
Gosto de recolher latinhas de refrigerante pelo chão.
Gosto de me sentar no carpete das livrarias.

Gosto de assobiar para os passarinhos.
Gosto de rir com meus amigos.
Gosto de trocar as cordas do violão.
Gosto de olhar o rio e adivinhar o seu tamanho.

Gosto de estalar os dedos.
Gosto de me apaixonar pela lua.
Gosto de ti
Gosto de nós

Enfim, gosto de tudo isso que me cerca.
O dia todo.
Todo o dia.


Lorenzo G.G.

Nenhum comentário: