domingo, 13 de julho de 2008

Intimidade

Intimidade é lembrar do outro através do teu passado
É enxergar-se refletido no próprio olho
É ter coragem de enfrentar a alma
É ter orgulho para honrar o corpo

Intimidade é manter acesa a chama que é eterna enquanto queima
É deixar de lado os porquês
Apropriar-se dos talvez
É rir pela boca do outro
É lembrar-se do que nunca aconteceu

Intimidade é sentir o coração pulsar e parar
É escutar o estalo dos ossos
É cheirar o vento que corre por entre os cabelos
É ser atingido por uma gota d'água

Intimidade é minha timidez comigo mesmo
Dos eu's que desconheço
É minha inauguração
Para mim mesmo.


Lorenzo G.G.

Um comentário:

mari_mays disse...

Meu Querido, parece que a tua habilidade de passar o que tu sente para as palvras, de traduzir teus sentimentos, está crescendo...vejo isso a cada novo texto postado.
Tudo ficou maravilhoso, mas "É ter coragem de enfrentar a alma
É ter orgulho para honrar o corpo" é a minha parte preferida.
Parabéns Amor.
Tudo de Bom.
De Mim Para Ti. :)