domingo, 13 de julho de 2008

Intimidade

Intimidade é lembrar do outro através do teu passado
É enxergar-se refletido no próprio olho
É ter coragem de enfrentar a alma
É ter orgulho para honrar o corpo

Intimidade é manter acesa a chama que é eterna enquanto queima
É deixar de lado os porquês
Apropriar-se dos talvez
É rir pela boca do outro
É lembrar-se do que nunca aconteceu

Intimidade é sentir o coração pulsar e parar
É escutar o estalo dos ossos
É cheirar o vento que corre por entre os cabelos
É ser atingido por uma gota d'água

Intimidade é minha timidez comigo mesmo
Dos eu's que desconheço
É minha inauguração
Para mim mesmo.


Lorenzo G.G.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

O medo

O medo

Meu eterno cuidador
Meu amigo valente
Salva-me de perigos
Mete-me em outros
Cuida da minha Alma.

O medo das relações lembra-me do cuidado
Da atenção com o amigo amado
Do meu carinho com o o mundo
Que também sou eu

O medo me exercita
Me deixa em movimento
Me atualiza do presente
Sussurra-me o instante

Me oferece a mão
Para então
Caminharmos pela estrada
Até que uma curva se apresente.

Lorenzo G.G.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Tu e Eu

Tua boca me toca
Teu cabelo me acaricia
Teu sorriso me confirma
A nossa doce companhia

Lorenzo G.G.